Que estado de espírito, que sentimento, o que for? Mas o que nos leva a cantar no meio da rua?

Loucura?

Creio que a loucura pode ser vista por dois ângulos e que todos a possuímos de uma maneira ou de outra, cada um numa dosagem diferente.

Podemos entender a loucura como um estado que se desencadeia, após uma “overdose” de algum sentimento. Aí entram os ângulos que falei, tanto a tristeza como a alegria podem desencadear este estado (isso é psicologia de buteco mesmo).

Se Não Fosse o Bom Humor, com certeza eu não cantaria na rua. Se não fosse as novas músicas do Superguidis, eu não estaria de bom humor, portanto:

Sou louco por Superguidis, uma banda que se supera a cada nova faixa lançada e as duas inéditas presentes neste álbum são de uma sensibilidade e de uma qualidade fora do sério.

Boas Enjambradas!

Anúncios